RETIRO 2012 está chegando.Faça logo sua inscrição. Vagas limitadas

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Diversidade abençoada dos Paraenses

Nosso querido estado do Pará, é uma terra abençoada por Deus de várias maneiras. Em especial pela variedade de frutas com sabores únicos que maravilham qualquer um. É a diversidade criada por um Deus que fez tudo que é bom para deleite do homem.
Diz o Salmista: "Louvem-te os povos, ó Deus; louvem-te os povos todos. A terra deu o seu fruto, e Deus, o nosso Deus, nos abençoa." Salmos 67:5 e 6.

Leia abaixo matéria publicada no jornal Diário do Pará, sobre os sabores paraenses:

Exotismo e variedade nas frutas do Pará
É possível ver uma verdadeira aquarela ao passar em qualquer uma das feiras abertas de Belém do Pará. Variedade que se repete em feiras pelos municípios do interior. Mais precisamente na sessão de frutas, é incrível a variação de cores e cheiros. Não é à toa que um dos grandes destaques da biodiversidade amazônica são as frutas paraenses, conhecidas como diferenciadas pelo resto do Brasil e do mundo. Açaí – a maior conhecida -, cupuaçu, bacuri, taperebá, uxi, entre diversas outras, se constituem numa viagem sensorial para turistas, visitantes e compradores. Hoje, boa parte das frutas regionais desperta curiosidade pelos sabores únicos cada vez mais apreciados. O açaí é hoje a fruta mais exportada e conhecida da região. Aceita pelo consumidor brasileiro, se expandiu rapidamente para o mercado internacional e ofereceu ótimas oportunidades de negócios. Porém, é mais uma das paixões dos paraenses quando o assunto é o mundo das frutas. Já para os turistas, é apenas a primeira das grandes descobertas gastronômicas paraenses. O chef Fábio Sicília, dono de um famoso restaurante em Belém, conhece de perto esta realidade. “É mais ou menos quando um paraense come morangos. Obviamente depende de quem faz, mas normalmente é bem recebido”, disse. Segundo Sicília, o paladar faz a diferença. “O bacuri, por exemplo, é uma fruta que toda vez que você prova, é uma experiência isolada. Você pode ter a exclusividade daquele sabor. As frutas vermelhas cultivadas em outras regiões, por exemplo, seguem um padrão. As paraenses possuem um sabor que dificilmente poderá ser feito um comparativo. Pupunha, por exemplo, se parece com o quê? Com nada, obviamente. O jambo tem aroma de rosas vermelhas. Em vez de molho de rosas, pode virar molho de jambo, que esse sim tem um sabor similar. Araçá até parece maracujá só que com formato de goiaba. A maioria dos chefs de fora adora, principalmente o bacuri, a fruta mais original no paladar. Os que experimentam ficam bem impressionados”, ressaltou.

PAIXÕES REGIONAIS: Açaí:Uma fruta exótica, típica da região Amazônica, que há séculos faz parte da cultura local. É considerada de várias qualidades, e há pouco menos de dez anos começou a romper as fronteiras dos estados do Norte para ganhar apreciadores em todo Brasil, inclusive no exterior. Bacuri: É considerada uma das mais exóticas frutas amazônicas pelo seu sabor forte e incomparável. Cheia de originalidade, é vista com curiosidade e deslumbramento pelos chefs de todo o mundo. Camu-Camu: O camu-camu é fruto de um arbusto disperso em quase toda a Amazônia, encontrado no estado silvestre nas margens dos rios e lagos, geralmente de água preta. Em seu habitat natural a planta pode permanecer submersa por 4 a 5 meses. O fruto tem alto valor nutritivo. Cupuaçu: Originária da floresta Amazônica, é a fruta mais utilizada nos doces regionais. Por conta da sua acidez, cai muito bem em tortas e bombons de chocolate. O sabor exótico da fruta e suas propriedades revitalizantes conquistam cada vez mais novos consumidores. Taperebá: O taperebá, também conhecido como cajá, é muito apreciado na Amazônia e em outras regiões do Brasil. É uma fruta rica em fósforo, vitamina C e cálcio, possui forte coloração, sabor e aroma bem definidos.

Por que se orgulhar? O Pará é o maior produtor das frutas consideradas exóticas da região amazônica. Elas possuem gostos diferenciados e, cada vez mais, conquistam o país e o mundo por conta desta originalidade no paladar.(Diário do Pará)

Nota: "Ao Senhor pertence a terra e tudo o que nela se contém, o mundo e os que nele habitam." (salmo 24:1)". Que todo paraense (e todas as pessoas sobre a terra) sejam gratos diariamente pela provisão e bondade do Deus Altíssimo.

Achei muito criativo o cartaz (abaixo) da Campal do Açai realizada pela igreja adventista de Paragominas-PA, representando bem nossa região.

(colaborador: Sinval Rodrigues)

Nenhum comentário: