RETIRO 2012 está chegando.Faça logo sua inscrição. Vagas limitadas

sexta-feira, 8 de abril de 2011

O Rio de Janeiro e o Brasil choram mais uma vez

Desespero, morte e dor em mais um triste capítulo na história deste mundo de pecado. Crianças são vítimas da crueldade de um homem e são mortas em escola do Rio de Janeiro. Os relatos do sofrimento dos familiares e amigos são de partir o coração. A cada cena de morte neste mundo dá vontade de dizer Vem Senhor, vem logo fazer justiça e acabar com tamanho sofrimento. Vem e conforta-nos pois neste momento só Tu Senhor és o refúgio.


O pastor Allejandro Bullón, falando sobre a importância de se ter esperança em meio às trevas que nos rodeiam, relata sua experiência quando esteve perdido, na selva, durante uma noite. Já havia andado o dia inteiro e estava sem forças. O índio que o acompanhava aconselhou que dormisse às margens de um rio. – Amanhã será outro dia – disse o índio. Eles pararam e a noite chegou com ruídos estranhos. Ele relata: “Quase não dormi. A escuridão me incomodava. Seus ruídos me perturbavam. Sentia a escuridão nos meus olhos, no ar que respirava, roçando minha pele, como que procurando me intimidar. Deveriam ser quatro ou cinco da manhã quando perguntei ao guia: A noite está ficando ainda mais escura ou é simples impressão minha? – Não é impressão sua. A noite ficou mais escura, mas não se preocupe. Isso significa que, de um momento para o outro, vai raiar o sol”. Há noites tão densas na vida, tão escuras e tão tristes... Noites que dão a impressão de ser eternas. Porém, não há o que temer. Depois da noite vem o dia. Quanto mais densa a escuridão, mais próximo está o novo dia.


“A noite deste mundo está cada vez mais densa. Há dor, tristeza e morte ao nosso redor. Há injustiça, miséria e fome à nossa volta. Às vezes, dá a impressão de que tudo está perdido. Não é verdade. A noite deste mundo logo vai cessar. O sol de um novo dia já desponta no horizonte. O senhor Jesus vem nos buscar. – Venha a Mim – Ele diz com Sua voz mansa. – Confie em Mim para atravessar as horas de escuridão que ainda restam. O que você vai fazer? Aceitará Seu convite? A resposta é só sua.”



Oremos pelas famílias e pelas crianças que estão internadas com traumas e tantos outros pequeninos que sofrem no mundo a fora.


O que nos conforta é saber que um dia (breve) esses pequeninos, se juntarão com tantos outros, milhares e milhares que ouvirão a voz do Altíssimo e Jesus irá fazer o que está escrito nas Sagradas Escrituras: "E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram. E Aquele que está assentado no trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E acrescentou: Escreve, porque estas palavras são fiéis e verdadeiras" (Apoc. 21:4-5).

2 comentários:

Happy Days disse...

Amém. Aguardo nesta esperança.

Raimundo Félix disse...

Que Deus ilumine os caminhos dessas famílias e lhes dê conforto. Raimundo Félix, Marcolândia, Piauí. http://raimundofelix.blogspot.com/